Foi decretada a prisão preventiva do Delegado Gustavo Sotero, que ficará em cela especial

Foi decretada a prisão preventiva do Delegado Gustavo Sotero, que ficará em cela especial
5 (100%) 9 votes

A prisão em flagrante do delegado Gustavo Sotero, que matou o advogado Wilson Filho, foi convertida em preventiva na tarde deste sábado (25), durante audiência de custódia realizada no Fórum Ministro Henoch Reis. Agora, o policial será conduzido para a carceragem da Delegacia Geral da Polícia Civil do Estado do Amazonas. A informação foi confirmada pelo presidente da Ordem dos Advogados Seccional Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, e também pela assessoria do Tribunal de Justiça do Amazonas. 

A audiência de custódia estava marcada para começar a partir das 14h, mas acabou começando mais cedo. Ainda segundo o presidente da OAB, a decisão do juiz do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) atendeu o objetivo da ordem dos advogados. 

“O Dr. Flankin converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva do delegado , então o nosso objetivo foi atendido. A OAB está acompanhando o caso desde cedo. O delegado deve ser encarcerado no cárcere da Delegacia Geral”, explicou Choy.

O presidente da OAB também destaca que o delegado alegou mais uma vez que matou o advogado Wilson por legítima defesa. “Ele alega legítima defesa, mas entendemos que não há defesa, porque ele disparou quatro tiros contra o advogado. Deu dois tiros no primeiro momento e outros dois depois. Por mais que o advogado tivesse discutido com ele, a reação foi desproporcional. Entendemos como acertada a decisão do juiz”, disse.
O velório do advogado será realizado na tarde deste sábado (25), na Ordem dos Advogados do Estado do Amazonas, localizada na Zona Centro-Sul de Manaus.

Com informações de:  A Crítica

Notícias Relacionadas

Compartilhar:

Comentários