ESTREIA: Publicitário Diego Alves, nosso novo colunista

É com muita satisfação que anunciamos a chegada do nosso quadro de COLUNISTAS! E apresentamos Diego Alves, que é publicitário, especialista em marketing empresarial, e agora, passa a escrever semanalmente no Portal Barcelos na NET.
Neste mês de maio estamos trazendo algumas novidades. Entre elas, é a chegada de alguns parceiros colunistas, colaboradores conterrâneos ou não, dispostos a dar uma cara nova no nosso Portal e expandir os assuntos abordados no site. DIEGO escolheu o assunto Música, uma de suas paixões. É aí que entra o DS Alves (é assim que o chamamos), trás no sangue o gosto pela música e tenho certeza que vocês serão contagiados com sua alegria e pelo carinho que tem por nossa Cidade de Barcelos.

Diego já chega mostrando a que veio com este belo artigo de sua autoria:

 

 

Por: Diego alves

Barcelos é uma cidade musical, ponto final!

Colunista-Diego-Alves-Barcelos-na-NETA música em Barcelos é uma linha infinita onde os talentos brotam de uma fonte inesgotável, igual água.  Essa é uma afirmação minha, desde 1996. Não sou barcelense de nascimento, sou de raiz, pois minha família materna é toda de lá e eu fiz questão de fincar raízes lá, portanto, se perguntarem a vocês de onde sou, digam: Ele é barcelense!
Morei por três vezes na cidade menina, da primeira vez pouco lembro, na segunda já tinha sete anos, mesmo assim guardo poucas recordações e na terceira, já nos 15 anos, fiz a maioria das amizades que tenho na cidade até hoje. Mas antes de morar pela terceira vez em Barcelos, comecei a ir a cidade todos os anos, sem falta, não rolava Fortaleza nem nada, como sempre digo: Praia pra mim, só em Barcelos!

Frequentando anualmente o município, normalmente durante todo o mês de janeiro, eu tinha tempo pra tudo, obviamente o lazer dominava minha programação e eu ia muito as festas que rolavam na cidade. Pois bem, foi justamente nesse período que comecei a atentar para uma questão: O talento barcelense para a música. Era o período em que o Festival do Peixe Ornamental dava seus primeiros passos, dando a oportunidade para músicos de mão cheia começar a construir uma identidade musical da cidade, na verdade essa identidade já começara a ser construída bem antes, desde aqueles que animavam as festas no bairro de Nazaré, os quais eu não tive o privilégio de acompanhar, mas que ouço falar por quem pôde desfrutar daqueles momentos…

Voltando para os meus períodos de “férias grandes”, eu falava sobre a construção de uma identidade musical, agora baseada no ritmo ornamental, caras como Adelson Filho (Chiquinho do Acará), Meneval Chagas, Manoelzinho, Vadilson Gonçalves, Jorginho do Peixe e muitos outros, que gravaram seus nomes na história contribuindo grandemente para a cultura de Barcelos. Com o passar dos anos, a natural evolução musical foi acontecendo, e na minha humilde opinião, em Barcelos, no Festival do Peixe Ornamental, essa evolução musical atende pelo nome de Josias Benfica, um estudioso musical, com muita experiência e principalmente muita vontade de contribuir culturalmente para a cidade, não tenho receio nenhum ao afirmar que as músicas desse cara são as melhores do festival, a combinação entre sua experiência como músico e sua formação em letras só poderiam resultar em belas obras musicais. O bacana de tudo isso é que a fonte em Barcelos parece não secar, Thales Chagas também se destaca entre os caras que passei a admirar no meio musical da MINHA CIDADE, um cara que conheci quando morei pela terceira vez por lá e desde aquela época ele já mostrava que tinha talento para música, assim como Nilo Chagas mostrou posteriormente, coisas de DNA, coisas de família. Assim como na família de Ericson Mendonça, com músicos de talento que estão na história da cidade.

Sempre gostei de música, não de todas, mas sempre escutei muita coisa bacana, de uns tempos pra cá me envolvi no meio, conheci muita gente de qualidade, muita gente esforçada, mas sinceramente, nunca ouvi ninguém cantar como Ericson Mendonça, o cara tem um talento incrível, põe muito cantor de especial de fim de ano no bolso, atualmente ele da continuidade a linha infinita de talentos barcelenses para a música, linha essa que deve seguir com outros nomes que estão surgindo, Madson Teixeira é um deles, uma guitarra que nunca vi ninguém fazer igual na cidade, nunca vi ninguém fazer igual no alto Rio Negro, estudante de música na UFAM o cara é bom e junto com muitos outros dessa geração devem contribuir para que a música barcelense atinja níveis ainda maiores.

Para finalizar, estou escutando nesse exato momento em que escrevo, a música “O rio comanda a vida”, obra de Josias Benfica na voz de Ericson Mendonça, acredito que ela seja uma boa analogia para tudo que foi dito aqui, viajando na história que nos conta o talento do barcelense para a música, como se emanasse ali, do ventre da terra, de fontes inesgotáveis.

Por Ds Alves.

É publicitário, especialista em marketing empresarial, cursa MBA em gerenciamento de projetos, vocalista da banda de pop rock Caixa Preta, barcelense de coração, por opção.