Edmilson Barreiros toma posse como novo procurador-chefe do MPF/AM

Solenidade realizada na manhã desta quarta-feira (14) reuniu servidores, autoridades, representantes de instituições de classe e da sociedade.

 Edmilson Barreiros toma posse como novo procurador-chefe do MPF-AM 2

Os procuradores da República Edmilson da Costa Barreiros Júnior e Marisa Varotto Ferrari receberam, na manhã desta quarta-feira (14), mais de 100 pessoas, entre servidores, autoridades e representantes de entidades de classe e da sociedade, em solenidade que marcou o início da administração da nova chefia do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) para o próximo biênio.  

Oficialmente, Edmilson Barreiros e Marisa Ferrari foram nomeados e tomaram posse dos cargos de procurador-chefe e procuradora-chefe substituta da Procuradoria da República no Amazonas (PR/AM) em 1º de outubro deste ano. A solenidade realizada nesta quarta-feira representou a despedida da ex-procuradora-chefe Tatiana Dornelles do cargo e apresentação dos novos gestores da instituição à sociedade amazonense. Edmilson Barreiros toma posse como novo procurador-chefe do MPF-AM

A procuradora da República Tatiana Dornelles, que deixou a chefia do MPF/AM no dia 30 de setembro, após completar dois anos de gestão, relacionou em seu pronunciamento uma série de avanços e conquistas obtidas nesse período, como a melhoria nas instalações físicas para atendimento ao cidadão e nas condições de trabalho dos servidores, e manifestou seu encantamento pelo Amazonas. “Foi amor ao primeiro mergulho de rio. Aprendi, com o Amazonas, a somar forças e saber aproveitar o que cada um possui de melhor. Minha sensação é de dever cumprido”, disse. Em seu discurso de posse, o procurador-chefe da PR/AM ressaltou seu amor pelo Estado do Amazonas, onde nasceu e se criou, e reafirmou seu compromisso com o espírito público na condução da instituição, por meio de uma relação cordial e independente entre as instituições do poder público e da sociedade. “O MPF cresceu em estrutura e em visibilidade perante a sociedade brasileira. Vou me empenhar para dar continuidade a importantes projetos desenvolvidos pela instituição, como o MPF na Comunidade e o MPEduc e dar ao cidadão lugar de destaque nessa nova gestão”, ressaltou Barreiros. Emocionado, ele concluiu seu discurso citando trecho de uma estrofe e do refrão do Hino do Amazonas.

Presente na solenidade, o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, agradeceu a ex-procuradora-chefe pela cordialidade no diálogo e nas parcerias institucionais e desejou uma administração de sucesso aos novos chefes do MPF no Amazonas, destacando a manutenção do espaço sempre aberto ao diálogo. Em sua fala, o senador da República Omar Aziz também homenageou os novos chefes da instituição e ressaltou a união de esforços entre os poderes para enfrentar a crise que assola o país e melhora a vida das pessoas. “Cercado de pessoas competentes, tenho certeza que Edmilson fará uma belíssima administração e contribuirá ainda mais com nossa Justiça, pelo seu espírito público”, disse.

O governador do Amazonas, José Melo, homenageou a ex-procuradora-chefe Tatiana Dornelles, em nome do povo amazonense, pela condução “terna, carinhosa, discreta, competente e inovadora” do MPF nos dois últimos anos, e desejou sorte aos procuradores da República Edmilson Barreiros e Marisa Varotto na gestão que se inicia, elogiando o preparo e talento demonstrado por ambos para exercerem os cargos. “Quero agradecer, por fim, aos pais do procurador Edmilson Barreiros, por tê-lo educado com a ternura e a retidão que certamente foram a base para a formação deste homem que hoje representa uma das mais importantes instituições do país”, concluiu Melo.  

Currículo – Edmilson da Costa Barreiros Júnior nasceu em 22 de janeiro de 1979, em Manaus, Amazonas. Graduou-se em Direito pela Universidade Federal do Amazonas em 23.10.2000.   É especialista em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade Federal do Amazonas (2001/2002) e em Direito Eleitoral pela Universidade do Estado do Amazonas e Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (2007/2008).   Exerceu a função de Promotor de Justiça do Ministério Público do Amazonas, de 2001 a 2006, nos municípios de Itamarati, Carauari, Novo Airão, Fonte Boa, Boca do Acre e Pauini.
 
Foi aprovado no 22º concurso público para provimento de cargos de procurador da República, com posse em 19 de setembro de 2006, desde então lotado na Procuradoria da República no Amazonas. Exerceu as funções de Procurador-Chefe da Procuradoria da República do Amazonas (2007/2009) e Procurador Regional Eleitoral no Amazonas, durante os biênios 2009/2010 e 2011/2012. Neste último biênio, foi procurador-chefe substituto. Autor de diversos artigos jurídicos com participação em obra jurídica coletiva e palestrante de temas ligados às suas especialidades, inclusive com instrutoria em Trabalhos de Conclusão de Curso e professor convidado pela Escola Superior do Ministério Público da União, atualmente é titular do 8º Ofício Criminal da Procuradoria da República no Amazonas.