CONHEÇA A VILA DE CARVOEIRO-AM

Conheça a Vila de Carvoeiro (1)

A Vila de Carvoeiro está localizada a margem direita do Rio Negro, é uma comunidade pertencente ao município de Barcelos. Neste lugar nos tempos do Brasil Colônia habitavam índios das nações Manáos, Parauaána e Uaranacuãcena, o seu primeiro nome foi Aldeia do Aracari, estabelecido à margem oriental do Rio Cauauiri (hoje Caurés) perto da aldeia de Poiares Caburi.

Segundo o Livro Histórico Diário da Viagem Filosófica pela Capitania de São José do Rio Negro  de 1785, nas proximidades da Vila de Moura e Carvoeiro também foi o Palco da grande batalha entre a tropa do capitão João Paes do Amaral e o nosso herói maior, o grande AJURICABA.

Nessa região estavam situadas as povoações de Lugar de  Moreira (Moura), Aldeia do Aracari (Carvoeiro), Poiares (Cauburis) e Barcelos,  entre Poiares e Carvoeiro, deságua o Rio Cauauiri (Caurés), onde  os índios cultivavam as suas roças em diversas pequenas aldeias. Com receio pela hostilidade dos seus vizinhos índios Mura, que não cultivavam roça alguma, mudaram-se  definitivamente onde hoje é localizada a Vila.

Hoje a Carvoeiro  é considerada a segunda maior Comunidade do município, moram ali pouco mais de 20 famílias, há  uma escola chamada Grupo Escolar Santo Alberto – construída em 1973, um Posto de Saúde com agente de saúde, um Posto/delegacia, uma Usina Termelétrica movida a motor  a diesel.

Conheça a Vila de Carvoeiro AM

FESTEJO DE SANTO ALBERTO: A Festa de Santo Alberto que acontece de 28 de julho a 7 de agosto é o maior acontecimento religioso-social do rio Negro. Santo Alberto é o padroeiro dos navegantes que viajam pelo rio Negro. A maioria, quando passa por Carvoeiro, para e faz uma oração aos pés do primeiro santo carmelita canonizado. Para a festa vem pessoas de todas as partes do Rio Negro e do Rio Branco, Rio Unini, Barcelos, Novo Airão e vilas próximas.

História Administrativa  da criação dos municípios de Barcelos, Carvoeiro e Moura)

Moura era conhecida por Lugar de Moreira, em outro tempo aldeia do Camará e também foi conhecida por nome Caboquena.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Barcelos, em 06-05-1758,  Pela lei provincial nº 388, de 16-10-1878, transferiu a sede para vila de Moura.

 
Pela lei nº 538, de 09-06-1881, a sede volta a denominar-se Barcelos.  Em divisão administrativa referente ano de 1911, a vila é constituído de 4 distritos:  Barcelos, Tomar, Caburis e São Joaquim.

 Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.

 O ato estadual nº 45, de 28-11-1930, a vila de Barcelos é extinta sendo seu território  anexado ao município de Moura.

 Pelo ato estadual nº 33, de 14-09-1931, a vila é restaurada com a denominação de Barcelos, desmembrada do município de Moura. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, a vila é constituído do distrito sede.  Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. 

Elevado à condição de cidade com a denominação de Barcelos, pela lei estadual nº 68, de 31-08-1938.

Pelo decreto-lei federal nº 5812, 13-09-1943, Barcelos adquiriu o território do extinto município de Moura, como simples distrito, pois com a criação do novo território de Rio Branco o então município de Moura perde grande parte de sua área para a criação do novo Território (no território de Rio Branco foi então criado o município de Catrimani com terras do município de Moura).

Em divisão territorial datada de 1-07-1950, o município é constituído do distrito sede.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-07-1960. 

Pela lei estadual nº 1, de 12-04-1961, desmembra do município de Barcelos os distritos de Carvoeiro e Moura, para constituir o novo município de Carvoeiro.

 Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede, sendo novamente extintos os municípios de Carvoeiro e Moura.  Carvoeiro hoje tem apenas o Status de Vila pertencente ao município de Barcelos.

CONFIRA OUTRAS FOTOS:

Notícias Relacionadas