Coari deve ganhar mais 1.000 casas do Programa Minha Casa Minha Vida

Presente na Reunião o prefeito de Coari Adail Pinheiro, que viajou à Brasília em busca de implantação de políticas públicas para o município.

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM) se reuniu nesta quarta-feira (20) com o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, José Urbano Duarte, para pleitear a construção de casas para municípios do Amazonas dentro do programa Minha Casa Minha Vida. Os prefeitos de Barcelos, José Ribamar Beleza, e de Coari, Adail Pinheiro, além do deputado federal Sabino Castelo Branco, participaram da reunião.

O prefeito de Barcelos explicou a José Urbano Duarte que o município ainda não tem nenhum projeto de construção de casas populares e pediu informações sobre como aderir ao programa do governo federal. Já o município de Coari teve projeto aprovado para a construção de 500 unidades, mas o prefeito Adail Pinheiro solicitou a construção de mais mil unidades. Ele afirmou que a prefeitura já tem um terreno que poderá ser doado para a construção das casas.

O vice-presidente da Caixa afirmou que o pedido de Coari será analisado e disse ser possível fazer a complementação de unidades, além das que já estão aprovadas, uma vez que segundo dados do Ministério das Cidades, o município tem um déficit de 1,3 mil moradias.

"E como o município pretende doar um terreno, acredito que fica mais fácil esse pleito. Agora é preciso saber se há construtoras na região interessadas no projeto", disse o representante da Caixa.

Sobre a situação do município de Barcelos, José Urbano Duarte disse que o município, por ter menos de 50 mil habitantes, pode apresentar projeto no Ministério das Cidades. Ele informou que a proposta precisa ser apresentada a esse órgão até o dia 5 de abril.

"O programa Minha Casa Minha Vida tem duas linhas de financiamento para municípios. Uma para os que têm até 50 mil habitantes e outra para os que tem mais de 50 mil. Infelizmente muitas prefeituras não apresentam projetos e por isso muitos municípios ainda não foram contemplados. É preciso que as prefeituras se envolvam mais", informou.

O senador Eduardo Braga elogiou a atenção dada pela Caixa ao pleito e disse que deverá voltar à instituição com o pedido de mais municípios amazonenses com interesse em aderir ao Minha Casa Minha Vida. Ele citou exemplos de municípios com mais de 50 mil habitantes, como Parintins, Tefé e Itacoatiara, que também podem ser contemplados com o programa procurando diretamente a instituição.

"E graças à política da presidenta Dilma Rousseff nós conseguimos ter uma linha especial para municípios com menos de 50 mil habitantes que, assim como Barcelos, podem ter ações do Minha Casa Minha Vida beneficiando, portanto, populações extremamente carentes no interior da Amazônia", frisou.

Notícias Relacionadas