Prefeito de Novo Airão é cassado pelo Pleno do TRE pela Lei “Ficha Limpa”

Prefeito de Novo Airão é cassado pelo Pleno do TRE pela Lei “Ficha Limpa”
5 (100%) 11 votes

O prefeito de Novo Airão, Wilton Santos (PSDB), e seu vice, Antônio Tiburtino (Democratas), foram cassados durante decisão do pleno do Tribunal Eleitoral Regional (TRE-AM), nesta segunda-feira (26), por 5 votos a 1. Na sessão também foi definida a realização de novas eleições no Município.

O relator e desembargador João de Jesus Simões tinha um voto diferente, cassando o prefeito e mantendo Tiburnino, mas não foi acompanhado pelo Pleno. Os demais desembargadores seguiram o voto com Bartolomeu Ferreira Júnior.

O Ministério Público Eleitoral pediu a cassação de diplomação de Wilton Santos e do vice. No final do ano passado, a chapa também foi cassada pelo TRE e a Corte Eleitoral anulou a eleição de 2016. Mas o prefeito eleito de Novo Airão recorreu da decisão do TRE e ainda obteve liminar para ser diplomado pela Justiça Eleitoral da Comarca do Município e tomar posse.

Wilton Santos foi arrolado na Lei da Ficha Limpa, e está com os direitos políticos cassados até 2019, depois de ter quatro contas reprovadas no Tribunal de Contas da União e do Tribunal de Contas do Estado, e ser condenado a devolver maia de R$ 3 milhões, por desvios de recursos federais.

Segundo o secretário judiciário do TRE, Waldiney Siqueira, a publicação da decisão vai para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmar a cassação. Após a publicação, a chapa tem até 3 dias para recorrer da decisão. Com a cassação, o TRE tem 90 dias para realizar novas eleições em Novo Airão.

“Precisamos esperar o TSE fazer a publicação para dar continuidade no processo e nos preparar para novas eleições”, falou Waldiney. Ainda cabe recurso ao TSE, mas fontes acreditam que pela Ficha Limpa Wilton Santos teria grandes dificuldades de ganhar no Superior.

Compartilhar: