Barcelos participa do II Simpósio Internacional de Meio Ambiente e Controle de Contas Públicas

Barcelos participa do II Simpósio Internacional de Meio Ambiente

Com a presença de várias autoridades e de especialistas sobre o Meio Ambiente, o Tribunal de Contas do Amazonas deu início nesta quinta-feira (17/10), às 19h, ao 2º Simpósio Internacional sobre Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas, que está reunindo no Centro de Convenções mais de 1.600 pessoas, que irão debater o papel dos órgãos de controle na proteção ambiental.

O município de Barcelos está sendo representando por Gleidson  Serrão  – Vereador e Presidente da CMB, Luiz Claudio Carvalho – Controlador Interno da CMB e Marines Gregório – Recurso Humanos CMB. Para o Presidente da Câmara de Barcelos, vereador Gleidson, participar deste importante evento é importantíssimo, onde serão discutidas estratégias de redução do desmatamento; política nacional de recursos hídricos; controle e gestão ambiental; áreas protegidas; mudanças climáticas; ética, globalização e controle; e controle e conservação ambiental.

“Para mim este é um momento impa participar deste evento a convite do Tribunal de Contas através do conselheiro Alípio, juntamente com o controlador interno e com o RH da Câmara de Barcelos, momentos onde serão discutidas pautas importantes sobre o meio ambiente e controle das Contas Públicas, que nos ajudará a tirar as dúvidas referente aos diversos assuntos ambientais e contas, visto que temos uma floresta imensa a uma biodiversidade enorme. Agradeço a oportunidade de aquirir conhecimento e poder levar até os colegas vereadores e nossos munícipes. Disse Gleidson.

A palestra de abertura foi feita pelo ambientalista e biólogo norte-americano Thomas Lovejoy, estudioso da Amazônia há mais de 50 anos e considerado o “pai da biodiversidade”.

O evento, que começou hoje, vai até sábado, terá outros 20 palestrantes, entre eles representantes da Universidade Tsinghua, da China, do Tribunal de Contas Europeu e autoridades do controle externo de Moçambique, o além dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Luiz Fux e Mauro Campbell; o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), José Mucio Monteiro Filho, e o ministro Benjamin Zymler.

As discussões girarão em torno de sete eixos, que incluem redução do desmatamento, conservação ambiental, áreas protegidas e controle ambiental. Ao término das discussões será elaborada a Carta da Amazônia – documento que compilará o resultado dos debates e propostas para ações voltadas à preservação do meio ambiente.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

Download (PDF, Unknown)

Notícias Relacionadas