Amazonastur e Afeam apresentam linhas de financiamentos para o turismo

Amazonastur e Afeam apresentam linhas de financiamentos para o turismo
5 (100%) 4 votes

Amazonastur e Afeam apresentam linhas de financiamentos para o turismo

Transformar o turismo em uma nova matriz econômica amazonense, é uma das ações da atual gestão do Governo do Estado, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). E para isto, o órgão estadual realizou, na tarde desta terça-feira (19/03), uma palestra para potencializar o mercado turístico no estado. Na ocasião, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) apresentou as linhas de financiamentos disponíveis para o setor.

Conforme o assessor técnico da Amazonastur, Orlando Câmara, a palestra, que contou com a participação de empresários, microempresários, estudantes e operadores do trade local, visa estimular o setor no Amazonas, de modo que os investimentos se estabeleçam gerando emprego e renda na região.

“O governador Wilson Lima já disse várias vezes que o turismo é uma alternativa econômica à Zona Franca, e nada melhor que estimular o mercado, por meio da Afeam. O objetivo da palestra é estimular o investimento na área de turismo, a qualificação técnica de quem já investe ou de quem quer investir no setor. Mas é importante lembrar para quem deseja investir que o turismo deve ser visto com os olhares do hoje, do mundo contemporâneo”, comentou Orlando.

De acordo com o palestrante e agente de negócios da Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam), Carlos Augusto Jr., a agência disponibiliza várias linhas de financiamento que contemplam desde o Micro Empreendedor Individual (MEI) ao profissional liberal do turismo. Ele ressaltou que as taxas são as mais favoráveis ao empreendedor, uma vez que o papel da Afeam é fomentar o mercado amazonense, gerando emprego e renda no estado.

“São taxas de juros bastantes diferenciadas, que na verdade, fazem parte da missão da Afeam. Se uma pessoa for uma MEI, a taxa de juros é de 8% ao ano. Já se for um microempresário com faturamento de R$ 360 mil, a taxa é 10% ao ano. Agora, se for uma pequena empresa acima de R$ 360 mil, a taxa será de 12 % ao ano. Já o autônomo terá uma taxa de 6% ao ano e o profissional liberal de 12%”, explicou o palestrante, ressaltando que se o investidor optar por aderir uma linha de financiamento pode ir na sede da Afeam, localizada na avenida Constantino Nery, bairro Flores, zona centro-sul.

Investimento 

O proprietário da agência Jack Tour, que atua no ramo da pesca esportiva, Jackson Alencar, ressaltou que se interessou pela palestra porque deseja criar um próprio destino para a pesca esportiva em Barcelos, e as taxas de juros da Afeam são as menores do mercado. “Estamos no ramo de turismo há 13 anos, e a gente pensa em investir num destino próprio, que seria num lote em Barcelos, para atender o cliente com mais segurança, dá um trabalho diferenciado. Somos agência, vendo os pacotes de pesca na Amazônia para 18 parceiros. Mas nenhum destino é meu, pois é empresas. Por isso, estamos aqui para conhecer melhor como funciona e buscar um financiamento, fomentar o recurso para construir um destino”, disse o 

Notícias Relacionadas